Páginas

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Mulher e morta em suposto ritual de magia negra


Uma mulher e encontrada morta com um corte profundo no pescoço, sem os olhos e sem a pele do rosto neste ultimo sábado dia 14 em Mairiporã (SP) a mulher foi identificada após a policia acionar familiares pela placa do seu veiculo já que a mesma estava sem documentos ou celular. Ela foi identificada como Geralda Lúcia Ferraz Guabiraba, de 54 anos. A vítima usava um escapulário – objeto religioso usado por católicos.

Geralda Lúcia Ferraz Guabiraba
Segundo imagens analisadas pela policia a dona de casa teria deixado o edifício sozinha. Claudia era uma dona de casa católica, pacata e bem tranqüila, definiu a delegada. O corpo foi encontrado após uma denúncia feita para o numero 190. Do lado do cadáver estavam três cestas de vime vazias. O corpo da dona de casa foi encontrado ao lado de seu carro na altura do km oito da estrada Santa Inês. O local e um ponto de trabalhos religiosos conhecido como Pedra da Macumba.

Segundo a delegada, não havia sinais de luta ou violência no corpo. A delegada considerou o crime como brutal, e será investigado como homicídio duplamente qualificado – uso de crueldade e impossibilidade de resistência da vítima. Segundo a delegada Cláudia Patrícia Dalvia, a policia agora busca imagens de câmeras no trafego feito pela dona de casa, em busca de pistas sobre o crime, a delegada afirma que o carro da vitima pode ter sido seguido.

No dia seguinte, investigadores estiveram no apartamento do casal onde conversaram com vizinhos.  A policia recolheu para análise o computador de Geralda, já que seu marido afirmou a policia que nos últimos dias ela estava passando muito tempo na internet.

a pedra da macumba
A delegada já analisou as ultimas ligações de seu telefone mais não encontrou nenhum numero suspeito, mais ira pedir pericia técnica para tentar descobrir por quais sites a mulher navegou.

No interior do carro foram encontrados um copo de alumínio e uma garrafa plástica, nos dois recipientes havia uma substancia branca que será analisado, a policia acredita que isso tenha sido usado para dopar a vitima.

Emocionado e abalado o marido ainda não prestou depoimento formal, mais já conversou com a delegada, ele disse que tomou remédio para dormir na sexta e que não viu a mulher sair, mais acredita que ela deixou o prédio por volta das 23h30.

A delegada deve ouvir familiares, amigos e funcionários do prédio nesta semana, e aguarda um laudo do IML sobre a causa da morte, que deve demorar cerca de 20 dias.

3 comentários:

Anônimo disse...

Jesus é o único caminho, a única verdade e o único que pode dar a vida. A religião é uma invenção de satanás para desviar o homem de Deus. "Essa religião´leva a Deus, ou todas as religiões levam a Deus". Mentira! A um único mediador entre Deus e o homem, Cristo Jesus, homem.

Anônimo disse...

e mais uma: Jesus não é religião! É uma pessoa viva! O único que venceu o salário do pecado.

Anônimo disse...

A QUE PONTO OS QUE DIZEM SERES HUMANOS PUDERÃO CHEGAR!!!!!!

Postar um comentário

Sombrio, deixe aqui seu comentário!